terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

ponto final

Nunca aprendi a terminar histórias, aquilo que costumam dizer: ”Virar a página, partir pra outra...” Não sei fazer isso, acho que já estar meio tarde pra aprender também. Quando penso em finalizar, por um ponto final acabo sendo como sempre um exagero de pessoa, e o que deveria ser um fim vira uma continuação (...)
Sigo escrevendo nessa mesma página, colocando vírgulas e reticências. Continuando todos esses pontos finais... 

2 comentários:

  1. mto bom, gostei mto
    seu blog tmbm é bem interessante
    prometo voltar mais vezes :)
    <>
    visite-nos e comente tmbm
    gostando siga e avise que retribuiremos
    se seguir deixe o aviso no comentário
    deixando o seu link para retribuirmos
    <>
    grato
    <>
    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Poesia bacana, ponto final realmente é difícil de se colocar em uma história, as reticências são mais frequentes.
    Belo blog !

    ResponderExcluir